TO Parque Estadual Jalapão

Parque Estadual Jalapão


Jalapão e sua Biodiversidade

 

Curso de ingles com a gringa
Promoção somente por este post (acesse clicando na foto)

     O Parque Estadual Jalapão é uma área protegida localizada no estado do Tocantins, no Brasil. Ele foi criado em 2001 com o objetivo de preservar a biodiversidade da região, que é uma das mais importantes do país.

 

    O Parque abrange uma área de cerca de 300 mil hectares e é caracterizado por um cenário único, com dunas, cachoeiras, rios e cânions. Ele é habitat de uma grande variedade de espécies animais e vegetais, algumas das quais são endêmicas da região.

    É conhecido por suas belezas naturais únicas, como cachoeiras, dunas de areia, rios cristalinos e vegetação típica da caatinga. Além disso, o parque abriga uma rica biodiversidade, incluindo espécies ameaçadas de extinção, como o lobo-guará e o jaguatirica.

Histórico do local

  

    O Parque Estadual do Jalapão foi criado em 2001, mas sua história remonta ao período colonial. Na época, a região era habitada por povos indígenas, que foram expulsos de suas terras por colonizadores portugueses. A partir da década de 1970, o parque passou por uma série de mudanças, como a criação de estradas e a introdução de espécies exóticas, o que prejudicou o ecossistema local.

    Em meados da década de 1990, começaram a surgir iniciativas para preservar a região, lideradas por grupos ambientais e instituições públicas. Essas iniciativas resultaram na criação do Parque Estadual do Jalapão em 2001, pela Lei nº 1.203/2001. Desde então, o parque vem sendo gerenciado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e tem como objetivo preservar a biodiversidade, promover o turismo ecológico e fomentar a pesquisa científica.

    A área do Parque Estadual do Jalapão está dividido em três unidades de conservação: a Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) do Jalapão, a RDS de Mateiros e a RDS de São Felix do Tocantins. A RDS do Jalapão é a mais conhecida e inclui atrações turísticas como as dunas de areia, as cachoeiras do Riacho do Meio e do Rio Novo e o rio Sono. A RDS de Mateiros é uma área de transição entre a caatinga e a floresta amazônica, enquanto a RDS de São Felix do Tocantins é uma área de proteção integral, destinada à pesquisa científica.

Tempo e Turismo

 

    O Parque Estadual do Jalapão é um destino turístico popular, especialmente entre os meses de junho a setembro, quando ocorre a estação seca e as águas dos rios ficam mais cristalinas. E nesse período o clima tende a ser mais agradável e seco, o que facilita a realização de atividades ao ar livre e a exploração das atrações turísticas do local. Além disso, esses meses correspondem ao início do inverno no Brasil, quando as temperaturas são mais amenas e as chuvas são menos frequentes, o que também pode contribuir para aumentar a procura por destinos turísticos nesse período.

    Sendo um destino turístico popular devido às suas belas paisagens naturais e atividades ao ar livre, há algumas das atividades turísticas mais populares no parque incluem:

  1. Caminhadas e trilhas: o parque possui uma variedade de trilhas para caminhadas, incluindo trilhas para caminhadas leves e mais desafiadoras. Algumas trilhas levam a cachoeiras e mirantes com vistas deslumbrantes.
  2. Banho de rio: o parque possui vários rios e cachoeiras com águas cristalinas, perfeitas para um banho refrescante. Alguns dos rios mais populares são o Rio Novo, o Rio dos Pretos e o Rio Sono.
  3. Rappelling e rapel aquático: o parque oferece a oportunidade de praticar rappelling em suas cachoeiras, o que é uma atividade emocionante para aqueles que gostam de aventura. O rapel aquático é outra opção, que consiste em descer uma cachoeira usando cordas e equipamento de segurança.
  4. Observação de pássaros: o parque é um lugar perfeito para observar aves, com mais de 200 espécies registradas. As aves mais comuns incluem o tucano, o jacutinga e o beija-flor.
  5. Pesca: o parque possui vários rios e lagos que são ótimos para pesca. As espécies mais comuns incluem o tucunaré, o piranha e o pacu. É importante lembrar de respeitar as regras de pesca e não exceder os limites de captura.
  6. Camping: o parque oferece áreas de camping com banheiros e chuveiros para aqueles que desejam passar a noite no parque. É importante lembrar de respeitar as regras de camping e deixar o local limpo.
  7. Visita às comunidades locais: o parque está localizado em uma região habitada por comunidades rurais, e é possível visitá-las e conhecer mais sobre a cultura local. As comunidades locais também oferecem serviços turísticos, como passeios de jipe e alimentação.

    É importante lembrar de respeitar as regras do parque e de preservar o meio ambiente enquanto visita o Parque Estadual do Jalapão. Além disso, é recomendável se informar sobre as condições climáticas e os equipamentos necessários antes de visitar.

Siga-nos para estar sempre informado!

Compartilhe:

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja estas curiosidades também